5 dias em uma campervan: uma experiência típica australiana

Uma das coisas mais esperadas da nossa viagem de volta ao mundo era alugar a campervan na Austrália. Saímos do Brasil com a reserva feita e com algumas ideias de roteiro, mas quando chegamos aqui e vivenciamos os cinco dias nesse carro-cama-cozinha, a experiência saiu melhor do que a encomenda!

O que é a campervan?

A campervan é uma van customizada. Ao invés dos assentos traseiros, há madeiras e colchões que, durante a noite, se transformam em uma cama de casal. O que seria o porta-malas de uma van comum dá espaço para uma mini cozinha, com compartimentos diferentes e panelas, talheres e pratos, uma pia (abastecida por um garrafão de água) e uma boca de fogão. Além disso, dentro de uma das caixas de madeira, há cadeiras flexíveis que podem ser usadas ao lado da campervan estacionada, como se fosse uma mini varanda.

Pelas estradas australianas, é muito comum encontrar campervans, motorhomes e derivados. E não é uma opção apenas para os jovens! Encontramos muitos senhores viajando pelo país dos cangurus com campervans ultra equipadas.

Onde ficar com a campervan?

Quase todas as cidades em que passamos na Austrália contam com um caravan park, que funciona como um hotel para a campervan. É só chegar, fazer o check-in, pagar (para duas pessoas, pagamos, em média, 45 dólares australianos por noite) e ir para a vaga sinalizada. Há muitas opções de caravan parks e algumas são gratuitas, mas optamos pelas pagas para termos uma infraestrutura melhor. Os locais de graça não têm chuveiro nem cozinha.

Ficamos em três caravan parks diferentes e todos tinham um banheiro com chuveiros, uma cozinha com fogão, torradeira, geladeira e mesas, uma lavanderia e algumas churrasqueiras espalhadas pelo local. Na última cidade em que ficamos, o caravan park tinha até piscina.

Como viajar com a campervan?

Alugamos a campervan em Brisbane em uma loja descolada de aluguel: a Wicked Campers. Todos os carros de lá são super estilizados e a maioria possui desenhos com figuras não permitidas para menores de 18 anos. 😛

Como havíamos reservado previamente pela internet, o dia do aluguel foi super tranquilo. Chegamos no local, que fica no bairro de Wooloongabba, assinamos o contrato e pegamos a campervan. Havíamos combinado que iríamos até Byron Bay (uns 160 km de Brisbane) e, no caminho, decidiríamos aonde dormir. Essa foi uma das decisões mais acertadas, pois é muito libertador poder andar, parar aonde der vontade e procurar um lugar para passar a noite.

Saímos da Wicked Campers com a sensação de dirigir um caminhão na mão inglesa. No começo foi um pouco estranho, mas depois de alguns quilômetros já estávamos craques!

A primeira praia em que paramos foi a Burleigh Heads. Como achamos o lugar muito bonito, decidimos ficar uma noite por lá. Procuramos uma opção de caravan park no nosso guia (Lonely Planet) e fomos parar no Burleigh Beach Tourist Park. Foi o nosso primeiro check-in com a campervan! Entramos, pedimos uma vaga, pagamos e estacionamos. Esse caravan park é super tranquilo, os banheiros são bem limpos e a cozinha também é boa. Um detalhe importante: de lá, em pouquíssimos passos você está na praia!

No segundo dia, andamos mais uns 90 quilômetros e fomos para Byron Bay. Como gostamos da cidade, que tem um clima meio hippie, decidimos passar duas noites por lá. Ficamos no melhor caravan park de todos: o Clarkes Beach Caravan Park, bem na frente da praia! Foram dois dias incríveis, com direito a churrasco australiano em uma das churrasqueiras do local e bem na frente do mar. Aqui também usamos a lavanderia (máquina de levar e de secar) e foi tudo ótimo!

Em Byron Bay, fizemos um passeio de caiaque no mar e vimos vários golfinhos bem de perto. A empresa que nos levou foi a Cape Byron Kayaks e eles foram super atenciosos. O passeio custa 69 dólares australianos por pessoa e, se você não avistar os golfinhos, eles te dão outro passeio de graça. É simplesmente sensacional ver os golfinhos em seu habitat natural!

De Byron Bay, começamos a nossa volta para Brisbane. Dirigimos uns 60 quilômetros e decidimos parar em Tweed Heads. Achamos um caravan park e optamos por passar a noite por lá. Este não era tão colado na praia como os outros, mas também tinha uma ótima cozinha, bons banheiros e churrasqueiras. Tweed Heads é uma cidade bem bacana, pois tem uma praia super bonita, ótimos restaurantes e uma curiosidade: está colada em outra cidade, chamada Coolangatta, que possui um fuso horário diferente. É só atravessar a rua que você está uma hora para trás. Uma confusão!

Após 5 dias com a campervan, voltamos para Brisbane e devolvemos o carro no mesmo lugar que havíamos alugado.

Foi uma experiência e tanto!

Manual de sobrevivência na campervan

(a maioria das dicas se refere à van da Wicked Campers)

1. O meio da campervan, que à noite se transforma em cama, conta com três grandes caixas de madeira. São bons lugares para guardar as coisas e evitar uma super bagunça dentro da van. E a caixa maior tem cadeiras flexíveis dentro (só descobrimos isso no penúltimo dia);

2. Uma das opções é fazer uma mini varanda com as cadeiras, comprar uma cerveja e aproveitar;

3. Para usar a panela da campervan, é necessário ter gás, que pode ser comprado em qualquer loja de camping. Ele é bem barato, mas no fim nem precisamos utilizá-lo, visto que todos os caravan parks têm uma cozinha super bem estruturada;

4. Ao fazer o check-in no caravan park, escolha a opção "unpowered". Como a campervan não é recarregável, você fará uma economia de uns 10 dólares australianos;

5. Vale muito a pena ficar nos caravan parks pagos. Eles não são caros e realmente oferecem uma mega estrutura;

6. Leve sacos de dormir. A campervan tem colchões, mas é preciso forrá-los com algo;

7. Janeiro é mês de férias escolares, então os caravan parks ficam muito cheios. Em fevereiro você pode fazer o mesmo esquema que o nosso: chegar na cidade e escolher aonde vai dormir (sem reservas!);

8. Faça boas compras no mercado. É uma delicia usar a churrasqueira do caravan park. E leve detergente e uma esponjinha para limpar seus utensílios;

9. Os banheiros são muito limpos, mas é preciso levar amenities e toalha;

10. Os caravan parks que ficamos tinham Wi-Fi. É só pedir a senha na hora do check-in.

#Austrália #Brisbane #BurleighHeads #TweedHeads #campervan #motorhome